• Portugues
  • English
  • Spanish
  • French
Menu

Notícias

16.01.2020

Passagem do navio Amadea aquece economia da cidade

A passagem do navio Amadea por São Francisco do Sul, na última terça-feira (14), é mais um movimento importante na consolidação da cidade no segmento de turismo náutico. Segundo a contagem feita pela equipe de bordo da embarcação, 568 turistas, entre passageiros e tripulantes, fizeram passeios na cidade, visitando os pontos turísticos, e prestigiaram o comércio local.

Os benefícios às cidades que recebem navios de cruzeiro vão além do quesito de divulgação espontânea internacional do município. A injeção de recursos na economia local é um fator percebido. Um estudo feito pela FGV/ CLIA Brasil aponta que os impactos diretos e indiretos na cidade e em seu entorno, com o aumento do fluxo de pessoas a partir da vinda de cruzeiros, envolve os gastos dos viajantes, tripulantes e, também, pelas armadoras, empresas responsáveis por promover a equipagem e a operação do navio.


Ainda de acordo com o estudo, com base na temporada de verão 2018/2019, entre os principais gastos estão os relacionados a compras e presentes, alimentos e bebidas, transporte e passeios turísticos. Assim, a estimativa de impacto médio gerado por cada cruzeirista nas cidades de escala é de R$ 581,35.


“Esses dados são baseados em informações de vários destinos que recebem navios de passageiros. Dadas as variantes de São Francisco do Sul com relação a outros destinos podemos dizer que tivemos, em função da passagem do Amadea, um incremento em torno de R$ 100 mil na cidade como um todo”, avalia a secretária de Turismo, Jamille Douat.


Para o taxista Jeferson Bertemes, foi uma terça-feira atípica. “Fiz em torno de 12 viagens para levar turistas do navio à região das praias. Foi muito bom, inclusive com um resultado superior em relação ao navio que veio no ano passado”, comemora.


Segundo Michele Hilgenberg, presidente do Projeto Teamar, a vinda de cruzeiros é muito positiva para a divulgação da cidade. “Penso que toda forma de divulgação de nosso município para o mundo é super válida, e nada com resultado mais positivo do que turistas estrangeiros conhecendo pessoalmente nosso paraíso e levando nossas belezas para as suas terras de origem. O Projeto Teamar vê com gratidão e bons olhos este esforço da Prefeitura em inserir São Francisco do Sul no roteiro dos navios”, frisa. Opinião compartilhada pela artesã Eliane Barbosa. “É uma excelente oportunidade de divulgação. Quanto mais gente circulando na cidade, melhor, pois aquece a economia”, diz.


Mas quem tem passado pelo Centro Histórico percebe que o movimento não foi apenas com a passagem do navio. A artesã Maria da Silva está entusiasmada com o aumento do fluxo de pessoas no mês de janeiro. “Tem sido uma temporada muito boa, com a vinda de turistas da região que estão levando o artesanato francisquense. As vendas estão melhores do que ano passado”, destaca.

Imagens relacionadas

Carregando...